Gatabaia

"Se procurarmos a verdadeira fonte da dança e nos virarmos para a Natureza verificamos que a dança do futuro é a dança do passado, a dança da eternidade, que sempre foi e será a mesma." Isadora Duncan (1878-1927)

15 maio 2007

Espera

Amanso cataventos na doce e calma espera do meu infinito particular.
Sou portabandeira de mim, concreta e simplesmente.
Vou ao campo fazer um ramo de espiga que este ano não vai ser estrumado de CaSO4.2H2O nem bafejado de CO2.
Vou encontrar trigo rosmaninho brancos malmequeres e amarelos ramos de oliveira e com papoilas muitas atar laços ao pescoço das andorinhas soltá-las que me levem elas em ascenção a ter os meus primeiros frutos peras e doces assim abensonadas não vá eu ter insónias o resto do ano

Doces mantenhas

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home