Gatabaia

"Se procurarmos a verdadeira fonte da dança e nos virarmos para a Natureza verificamos que a dança do futuro é a dança do passado, a dança da eternidade, que sempre foi e será a mesma." Isadora Duncan (1878-1927)

18 junho 2007

Som e eco



A sombra desfeita por cães azuis ou carneiras mal mortas dormitadas no fundo do suryá em sacudidelas a um imaginário mosquito de olhos esbugalhados ao talento do garcia em fazer daquelas inquietações a sujar ladrilhos com batom de sonhos. Realmente! Estava esquisitamente louca. O paraíso. Assim a nadar num nada de tempos que já não cabiam em lado algum e transbordavam da sieta.

Sonecas mantenhas

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home