Gatabaia

"Se procurarmos a verdadeira fonte da dança e nos virarmos para a Natureza verificamos que a dança do futuro é a dança do passado, a dança da eternidade, que sempre foi e será a mesma." Isadora Duncan (1878-1927)

27 junho 2007

Condimentos



Aprendi a voar nos passos de dança que fazia nos pés de meus pais, mais propriamente de meu pai, pois esse sim, tinha força para me elevar ao som de todos os sons que faziam dos slows o meu encanto; com a minha mãe aprendi a perícia e arte de pôr em movimento o que a melodia me fazia ao coração. Até ao momento em que era ‘crescida’ que era o mesmo que dizer que já lhes pesava nos pés. Mas da malandragem romântica ao gingado eufórico passando pelo calor do aconchego, todos os temperos misturados brincados e ensinados aos ritmos de mim, fizeram sempre das minhas sensações sentimentos que nunca soube bem palavrear mas que me fazem imensamente felizes e fico contente quando vejo tanta gente a ‘descobrir’ na dança tanta coisa boa que nada mais é senão uma forma de estarmos naturalmente connosco pela e na dança num prelúdio de felicidade.

Mexidas mantenhas

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home