Gatabaia

"Se procurarmos a verdadeira fonte da dança e nos virarmos para a Natureza verificamos que a dança do futuro é a dança do passado, a dança da eternidade, que sempre foi e será a mesma." Isadora Duncan (1878-1927)

02 abril 2008

Outra

Outra vez o regresso da Primavera,
os mil fios do fino salgueiro amarelecem,
no crepúsculo, empoleiradas, grasnam as gralhas.
Em sonhos, persigo, correndo, uma sela de ouro,
Não digas o que escondes no coração,
explica-te por meio da tua viola. a)
Mantenhas

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home