Gatabaia

"Se procurarmos a verdadeira fonte da dança e nos virarmos para a Natureza verificamos que a dança do futuro é a dança do passado, a dança da eternidade, que sempre foi e será a mesma." Isadora Duncan (1878-1927)

31 março 2008

Se


Recebo um mail com pedido de resposta a se eu fosse um número sem conta de coisas: flor pedra mês dia sei lá. Eu sou. Tudo isso e tudo mais. Todos os meses todas as flores todos os dias todas nuvens e mares, sou. Das ondas só não sou as que não passam dos livros tenho todas as letras e mais as que me hão-de inventar dos filmes fiz peliculas imensas com os meus dias contados em dramas e tramas das pedras ja fiz o coração as mãos ou as lágrimas que não verti. Tenho o universo em mim plantado e em viagem desdobro tudo e torno dar para me recolher quando algo descubro novo. Adoro todos os dias da semana todos os meses do ano todos os anos que me cresceram todas as pedras que palmilho ou tropeço. Até essas correntes sou-as estilhaçadas numa explosão de mim.
Gatabaia

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home