Gatabaia

"Se procurarmos a verdadeira fonte da dança e nos virarmos para a Natureza verificamos que a dança do futuro é a dança do passado, a dança da eternidade, que sempre foi e será a mesma." Isadora Duncan (1878-1927)

14 junho 2006

Tango e Ad Miró ...



..., sim, admiro Pacheco Pereira. Pela limpidez de racíocinio, pela exactidão do discurso e pela pontaria nos meus sentires Portugal, mundo galáctico de mal disentes e resolvidos.

Ler-lhe os artigos lavam-me a alma de pensamentos menos agradáveis de mim do parceiro do vizinho do colega das lagartixas e dos jacarés.

E tenho, por vezes, feito o acto de contricção logo e após beber o mar n(d)as letras que este Senhor partilha-nos; com uma sofreguidão, que, confesso, não é normal.
Mas ter alguém que ainda sabe e consegue ser isento e analítico sem perder o humor e a criatividade, é Obra neste emaranhado de miserabilísmo e tanguímo.

E sei que sabe dançar o Tango E como sabes que sabe Não sei ...
Mas aposto um tremoço, com ou sem bujeka, em como sabe.

Bom Dia! diria ele, Bom Dia! responde todo mundo que o lê.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home